CBF Aprova Campo Do Murici Para A Copa Do Brasil E Série D

O presidente do Conselho Deliberativo do Murici, Remi Calheiros, recebeu no final da manhã desta quinta-feira,27, o engenheiro da CBF, Osmar Delboni Junior, que juntamente com o diretor geral da Federação Alagoana de Futebol(FAF) Junior Beltrão, inspecionaram o estádio municipal José Gomes da Costa, para os jogos da Série D e Copa do Brasil.

O dirigente do alviverde esteve acompanhado do Presidente do Executivo, Geraldo Amorim, do vice-presidente, Remi Filho, Éder Correia, Edinaldo Lino, Anderson Batista, Jailson Colácio e Anderson Morais, Secretário de Obras e Urbanismo do município. Delboni visitou e elogiou as condições estruturais do estádio José Gomes da Costa, inaugurado em 1984, pelo ex-prefeito, Olavo Calheiros (in memoriam).

“Considero as exigências da CBF aqui no José Gomes da Costa, aprovadas, elas atendem requisitos que o laudo pede, estando apto para receber os jogadores, torcedores e imprensa na realização de jogos do campeonato alagoano, quanto da Copa do Brasil e Série D”, disse Delboni, perito da CBF.

Para o ex-prefeito Remi Calheiros, “a liberação estrutural do José Gomes da Costa, representa o esforço de todos os dirigentes do clube, e sobretudo, a oportunidade que Murici terá em enfrentar um adversário dificil em fevereiro aqui em seus domínios, que é o time do Juventude-RS, em jogo válido pela Copa do Brasil, onde o Murici tem um projeto e uma missão a cumprir neste competição. Estou muito feliz”, disse Remi Calheiros.

Em seguida, Osmar Delboni, Junior Beltrão e diretores do Murici Futebol Clube foram recebidos pelo prefeito, Olavo Neto, em seu gabinete de trabalho, numa visita de cortesia da CBF-FAF com o dirigente municipal.

Leia mais...

Federações de futebol visitam obras do Inaldão

Representantes da Federação Cearense de Futebol (FCF) (CFC) e Federação Brasileira de Futebol (CBF) visitaram as obras de requalificação do estádio Lírio Calou o Inaldão. A comitiva, da qual participou o engenheiro da CBF, Osmar Delboni, acompanhou a finalização das reformas e cumprimento das exigências para liberação do estádio para os jogos do Barbalha na 1ª divisão do Campeonato cearense.]

A expectativa é que com a liberação do estádio ainda nesta quinta-feira, O time do Barbalha possa estrear em jogo oficial no dia 16/01. Para isso, o município investiu mais de 60 mil reais e executou ações de emergências nos vestiários, túnel de acesso, escadaria, bancos de suplentes, recuperação do gramado, adequação das traves e dimensão do campo, limpeza, pinturas, dentre outros serviços.

Um convênio firmado com o governo do estado deve liberar ainda 342 mil reais para investimentos no equipamento. Além da primeira reforma, o município também deve entrar com contrapartida de 7% do valor global da obra, onde serão aplicados os recursos do convênio.

Leia mais...

MPCE firma acordo com Sejuv para regularizar uso do Castelão

Nesta segunda-feira (08), o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a Secretaria do Esporte e Juventude do Estado do Ceará (Sejuv) a fim de regularizar as pendências estruturais na Arena Castelão, conformo descrito no Laudo de Vistoria de Engenharia.

Segundo o coordenador do Núcleo do Desporto e Defesa do Torcedor (Nudtor), promotor de Justiça Edvando França, “as pendências que existem são importantes, mas demandam tempo para sua regularização porque são questões estruturais. Demos um prazo de 180 dias para regularizar tudo e também por termos informações do engenheiro de que as pendências não são graves, não comprometem a segurança do torcedor”, explica.

A Sejuv se comprometeu a recuperar todos os elementos estruturais pendentes até o dia 8 de outubro, como: infiltrações, esquadrias danificadas, pisos e juntas de dilatação na explanada, execução da manutenção de estruturas metálicas e sistemas hidrossanitários civis e elétricos, manutenção em pisos táteis, manutenção dos ralos, calhas e execução de limpeza, dentre outras melhorias.

De acordo com o engenheiro civil Osmar Delboni, as pendências não comprometerão a segurança da Arena Castelão no prazo fixado. À medida que as pendências forem concluídas, o Nudtor deverá ser comunicado. Caso o acordo não seja cumprido, o estádio poderá ser interditado e o Governo do Estado pagará multa 20.000 UFIR, destinado ao Fundo de Defesa dos Direitos Difusos do Estado do Ceará (FDID). O TAC foi assinado pelo secretário de Esporte e Juventude do Estado do Ceará, Rogério Nogueira Pinheiro.

Leia mais...

Semel recebe engenheiro da CBF para vistoria no Lindolfo Monteiro

O secretário Municipal de Esporte e Lazer - Semel, Renato Berger recebeu na manhã desta segunda(27) a visita do engenheiro da CBF Osmar Delboni Júnior no estadio Lindolfo Monteiro para fazer de uma vistoria no estádio.

Acompanhado do presidente da CBF e presidente do Altos.

O objetivo da visita foi receber o aval do engenheiro para a realização do jogo Copa do Brasil, que será Altos X Santos que acontecerá neste estádio municipal 

Leia mais...

CBF contraria Altos e confirma jogo com o Santos para o Albertão

A expectativa da diretoria do Altos em poder jogar a Copa do Brasil em sua cidade ou no Lindolfo Monteiro, em Teresina, foi frustrada nesta quarta-feira (30). 

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) comunicou que a partida continua marcada para o estádio Albertão, no dia 6 de fevereiro. 

O Altos se recusou enquanto pode a jogar no maior estádio do Piauí. Primeiro tentou reformas emergenciais no estádio Felipe Raulino, mas em pouco tempo admitiu o Lindolfo Monteiro como "Plano B". 

Um engenheiro enviado pela CBF visitou o Lindolfinho no último fim de semana. Em entrevista à TV Cidade Verde, Osmar Delboni chegou a afirmar que o estádio estava apto, precisando de melhorias que não eram impeditivas para a realização da partida. 

No domingo (27), no jogo entre Altos e ABC, pela Copa do Nordeste, um torcedor escalou a parede invadiu o estádio para roubar uma faixa de torcida. Acabou espancado. Delboni estava no estádio. 

Nesta quarta-feira, o Altos foi comunicado que o jogo deve ocorrer no Albertão porque times de Séries A e B do Brasileirão precisam jogar em estádios de maior estrutura. 

A decisão frustrou Warton Lacerda, que chegou a dizer que o Albertão mais parece um "cemitério abandonado". A declaração foi dada quando a capacidade permitida para uso do estádio era de 5 mil torcedores. O número subiu para 13 mil, mas o local tem condição de abrigar mais de 40 mil pessoas se as reformas exigidas forem concluídas.  

Warton contestou a decisão da CBF, mas foi obrigado a acatar. 

- Eles ficam dizendo que time de Série A e B tem que jogar em campo de maior estrutura e isso não existe, não. Acabei de ver o Internacional jogando em um campo de várzea lá. O Internacional não é de Série A, não? Isso mostra o quanto o nosso futebol é fraco e sem prestígio. 

O dirigente se referia a Veranópolis x Internacional, pelo Campeonato Gaúcho. 

Com a decisão definitiva da CBF, o Altos irá agora organizar a venda de ingressos para o jogo com o Santos.

Leia mais...

CBF nomeia membros da CNIE

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nomeou o inspetor da FCF Osmar Delboni Junior, engenheiro civil do CREA-CE, para integrar a criação da Comissão Nacional de Inspeção de Estádio – CNIE, que exercerá atividades de inspeções nos estádios brasileiros na qual a CBF prioriza seus jogos, a título de garantir a segurança dos torcedores antes, durante e depois das partidas. 

Pelo dinamismo que a Federação Cearense de Futebol trata da liberação dos estádios, ganhou notoriedade da CBF e portanto, o engenheiro civil Osmar Delboni, já responsável pelos laudos de vistoria de engenharia dos estádios cearenses, entre eles, Arena Castelão, Presidente Vargas, Junco, recebeu a nomeação.

“Eu já prestava serviços de inspeções prediais - LVE para a FCF, a qual na administração do Dr. Mauro Carmélio e do diretor de Competições Josimar de Carvalho, tivemos nosso trabalho destacado pela seriedade e ética, que veio culminar com a nomeação a nível nacional. É uma honra pertencer a esta seleta equipe de alta capacitação técnica que atenderá as demandas da CBF com mais agilidade em grandes estruturas”, disse Delboni.

Para ver a Portaria, clique aqui

Manuella Viana / Kerlya Chaves 
Assessoria de Comunicação da Federação Cearense de Futebol
(85) 32066505 / 991384545
imprensa@futebolcearense.com.br

Leia mais...

Arena Multiuso Castelão recebeu vistoria de conclusão dos laudos de operacionalização da temporada 2019

Os engenheiros responsáveis fiscalizaram a adequação de toda a estrutura do equipamento

A maior praça esportiva do Estado do Ceará – Arena Multiuso Castelão, passou por uma última vistoria nesta sexta-feira (21), onde foi verificado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) juntamente com um engenheiro civil – credenciado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Federação Cearense de Futebol (FCF) –, para que o Governo do Ceará, através da Secretaria do Esporte (Sesporte), possam operacionalizar a estrutura esportiva para a temporada de 2019.

Desta maneira, durante a inspeção, o equipamento passou pela conclusão dos laudos de segurança contra pânico e incêndio, bem como de manutenção civil, dentro da conformidade da Portaria nº 290, de 27 de outubro de 2015, do Ministério do Esporte (ME).

“Recebemos as últimas duas vistorias para a emissão dos laudos de segurança pelo Corpo de Bombeiro e de Engenharia Civil, de acordo com as determinações da CBF, e logo no início do ano, o Governo do Ceará vai apresentar a FCF os quatros laudos competentes para que a Arena Castelão esteja devidamente liberada para receber o primeiro jogo, marcado para o dia 17 de janeiro de 2019”, afirmou o titular da pasta esportiva estadual, Euler Barbosa.

O engenheiro responsável fiscalizou a adequação de toda a estrutura da arena para a finalização do parecer técnico, que correspondem à estabilidade estrutural (cinco anos), engenharia (de dois em dois anos), e dos bombeiros (um ano).

“O nosso estádio de futebol tem uma capacidade em torno de 63 mil torcedores, além de comportar outros oficiais que estão a trabalho. Essa responsabilidade de um engenheiro, inspetor, ela tem que ser avaliada em todos os sentidos, que é acessibilidade e de conforto estrutural, essa é a nossa preocupação, mantendo a segurança antes, durante e depois para que esse público que adentra a esta arena tenha segurança a seus familiares e acompanhantes”, explanou o representante da CBF, engenheiro civil e responsável pelo laudo de vistoria e engenharia, Osmar Delboni.

Estiveram presentes ainda na ocasião, o major do CBMCE, Evandro Amorim, representante da assessoria jurídica da Sesporte, Georgia Rebouças, bem como o coordenador de manutenção da Arena, Jancicleber Avelino, e engenheiros do Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE), Raimundo Viana e Bruno Juvenil.

Leia mais...

Entrevista com Osmar Delboni

Entrevista exclusiva com o engenheiro civil, Osmar Delboni, logo após a vistoria feita no estádio Romeirão, ele fala do estado em que se encontra o estádio, como a atual gestão está trabalhando e da reforma que elevará o Romeirão ao status de arena, ouçam com exclusividade a entrevista.

Leia mais...